Combustíveis ficam mais caros

posto-gasolina

A partir desta sexta-feira (11), o preço médio de comercialização da gasolina para as distribuidoras terá um aumento de 18,8%, passando de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro.  Já para o diesel, o valor sairá de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro, uma diferença de 24,9%.  

Por fim, para o GLP – sigla para Gás Liquefeito de Petróleo, mais conhecido como gás de cozinha –, o reajuste foi de 16,1%, o que representa uma mudança de R$ 3,86 para R$ 4,48 por kg. 

De acordo com os levantamentos semanais da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), os preços médios da gasolina comum, do diesel e do gás de cozinha até 5 de março eram de R$ 6,57, R$5,60 e R$102,64, respectivamente.

Como identificar preços abusivos? 

A ANP divulga semanalmente os preços médios dos combustíveis em seu site. Aumentos injustificados do preço podem ser considerados abusivos e devem ser denunciados ao Procon de cada estado ou município. 

Segundo artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), inciso X, é vedado “elevar sem justa causa o preço de produtos ou serviços”. Caso seja identificadas irregularidades, a penalidade pode variar de advertência a multas. 

Imagem: Agência Brasil

Fonte Brasil de Fato – edição: Vivian Virissimo