Bancos engordam os cofres com as tarifas

biscoito de leite (3)

Em uma realidade totalmente diferente da maioria das empresas brasileiras, os cinco maiores bancos lucraram R$ 80,9 bilhões em nove meses. O resultado do Bradesco, BB, Caixa, Itaú e o Santander de janeiro a setembro de 2021 só demonstra que, no acumulado de todo o ano, será ainda mais surpreendente.


Os banqueiros viram o rendimento aumentar somente com as tarifas avulsas. Os valores cobrados aos clientes ficaram acima da inflação entre junho de 2020 e julho deste ano. Serviços, como depósitos, saques e transferências subiram entre 9% e 25%, de acordo com o estudo do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor).


A inflação medida pelo IPCA (Índice de Preços Amplo ao Consumidor) acumulada no mesmo período foi de 8,35%. A maior alta foi do Banco do Brasil, com o crescimento da compra de moeda estrangeira pelo “cheque viagem” em 213%, de R$ 80,00 para R$ 250,00. 


A elevação do preço do depósito no Bradesco foi de 25%. Saiu de R$ 6,45 para R$ 8,05. O pacote que mais subiu no custo dos pacotes das organizações em ofertas cujo público-alvo é cliente de classe média foi o “Bradesco Expresso 5”. Registrou alta de 20%, passando de R$ 27,70 para R$ 33,20. A ganância dos bancos com reajustes das tarifas e pacotes abusivos é evidente. 

Fonte: Bancários Bahia