Cresce rejeição a Bolsonaro: 70% não confiam, enquanto Lula lidera pesquisa para 2022

Design sem nome (6)

Pesquisa do Ipecdivulgada nesta terça-feira (14) aponta maior rejeição ao atual governo. Um dos dados, por exemplo, mostra que 70% não confiam no atual presidente da República. Já a sondagem sobre preferências eleitorais em 2022 mostra, novamente, liderança confortável do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O Ipec é formado por ex-integrantes do Ibope Inteligência.

De acordo com o instituto, 55% consideram o governo Bolsonaro ruim ou péssimo. Em setembro, eram 53%. O índice de “ótimo/bom” caiu de 22% para 19% e o de “regular” foi de 23% para 25%, enquanto 1% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

Desaprovação e desconfiança

Sobre a forma de governar, 68% disseram desaprovar, mesmo percentual da pesquisa anterior. Os que disseram aprovar variaram de 28% para 27%, na margem de erro. Outros 4% não sabem ou não responderam.

Clique aqui para baixar a íntegra da pesquisa do Ipec

O Ipec também perguntou ao entrevistado se ele confia ou não em Jair Bolsonaro, e 70% responderam “não”. Foi praticamente o mesmo resultado de setembro (69%). E 27% confiam.

Lula tem quase 50%

Na pesquisa eleitoral, no primeiro cenário Lula aparece com 48% das intenções de voto, ante 21% de Bolsonaro (PL). Os ex-ministros Sergio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT) aparecem com 6% e 5%, respectivamente. O deputado André Janones (Avante-MG) e o governador paulista, João Doria (PSDB), têm 2%, enquanto o ex-deputado Cabo Daciolo (PMN) e a senadora Simone Tebet (MDB-MS) figuram com 1%.

Em outro cenário, mais restrito, Lula está com 49% e o atual presidente, com 22%. Na sequência, vêm Moro (8%), Ciro (5%) e Doria (3%).

O levantamento foi feito da última quinta-feira (9) até ontem (13). De acordo com o instituto, foram ouvidas 2.002 pessoas em 144 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Fonte: Rede Brasil Atual (RBA)