Lucro líquido dos bancos alcança R$ 62 bilhões

Design sem nome – 2021-10-19T093833.648

A rentabilidade do sistema financeiro voltou ao nível pré-pandemia de Covid-19. O relatório publicado pelo Banco Central, nesta segunda-feira (18/10), demonstra mais uma vez a boa vida dos banqueiros no Brasil. O ROE (retorno sobre o patrimônio líquido) atingiu 14% nos 12 meses encerrados em junho deste ano. 

O BC ainda apontou que nos últimos três meses o indicador somou 15,98%, o maior nível desde fevereiro de 2020. O lucro líquido dos bancos também foi surpreendente e alcançou R$ 62 bilhões no primeiro semestre de 2021, alta de 53% em relação ao mesmo período do ano passado. 

Segundo o BC, o volume é 3% acima do observado no primeiro semestre de 2019. Por conta da PDDs, as organizações financeiras registraram queda de 26% na lucratividade em 2020. Sem utilizar as despesas com provisão para devedores duvidosos para maquiar o lucro, os bancos lucrariam bem mais do que R$ 88,6 bilhões. A diferença foi de R$ 31,1 bilhões ante os R$ 119,7 bilhões de 2019. Dinheiro não falta.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia (SBBA)