Delta já representa 15% das amostras de coronavírus analisadas na última semana no RS

Design sem nome (44)

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) recebeu, nesta última quarta-feira (4), a confirmação de mais quatro casos da variante Delta do coronavírus no Rio Grande do Sul. A confirmação veio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), responsável por analisar as amostras. No total, o RS tem, até o momento, 11 casos confirmados com a variante, registrados nas cidades de Gramado, Esteio, Canoas, Sapucaia, Santana do Livramento e Nova Bassano.

Há ainda outros 34 casos identificados por sequenciamento parcial aguardando oficialização da Fiocruz, coletados em Alvorada, Canoas, Capão Da Canoa, Caxias do Sul, Esteio, Gramado, Guaíba, Montenegro, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Porto Alegre, São José dos Ausentes, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Triunfo e Viamão.

Como o Cevs tem analisado cerca de 200 amostras semanalmente, o especialista em saúde do Laboratório Central do Estado (Lacen/RS), Richard Steiner Salvato, destaca que os novos casos com a variante Delta já correspondem a 15% das amostras sequenciadas pelo Cevs na última semana, o que demonstra a rápida disseminação dessa variante no RS.

Dentre os quatro casos confirmados nesta quarta, um deles, de um morador de Gramado, já era considerado confirmado pelo Cevs, pois apresentou resultado positivo em sequenciamento genético parcial realizado no Centro de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CDCT) somado ao vínculo epidemiológico com um caso confirmado por sequenciamento genético completo da Fiocruz. Ambos referem-se aos dois primeiros casos confirmados no Estado no dia 19 de julho.

O segundo caso confirmado também é contactante do primeiro paciente confirmado em Gramado. Os outros dois são de residentes de Esteio e Sapucaia do Sul. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SES), todos os pacientes já estão recuperados e liberados de isolamento.

Fonte: Sul 21