Ação solidária do Dia do Trabalhador distribui mais de 8 mil quilos de alimentos na periferia de Pelotas

180865556_3838527282863593_2728901415322704029_n

No último sábado, 1º de maio, data que marca o Dia do Trabalhador, o MST, a CUT Regional Sul e demais centrais sindicais, junto ao Partido dos Trabalhadores (PT), distribuíram mais de 8 mil quilos de alimentos na periferia de Pelotas. Além de alimentos viabilizados pelos assentamentos da Reforma Agrária, a ação solidária também disponibilizou a entrega de kits de higiene para as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade e estão enfrentando uma situação ainda mais crítica por conta da Pandemia.

Neste 1º de maio, as principais bandeiras foram a defesa da vida, do emprego, do serviço público, do auxílio emergencial de R$ 600,00 reais e de vacina para todos e todas. Em todo o país, já são mais 400 mil mortes em decorrência da má administração da crise sanitária. Em Pelotas, neste último final de semana, o número de vidas perdidas para a doença subiu para 704.

Com a ação solidária realizada neste final de semana, o movimento sindical de Pelotas e Região reafirma o seu compromisso em defesa da vida e da garantia de emprego e de um auxílio digno para as famílias que encontram-se desamparadas. A crise sanitária que afeta todas as regiões do Brasil tem demonstrado a importância de se defender o serviço público. O Banrisul, a Caixa e o Banco do Brasil são os bancos que possuem serviços de crédito e programas destinados aos pequenos e médios empresários, além de também possuírem serviços de apoio à pessoa física, como o pagamento do auxílio emergencial, que está sendo realizado pela Caixa, viabilizando o suporte necessário para socorrer quem mais precisa.

Conforme já está comprovado, a saída da Pandemia passa, necessariamente, pela valorização do desenvolvimento científico e a aplicação da vacinação em massa, que só serão possíveis por intermédio de instituições públicas, como universidades, órgãos de pesquisa e, fundamentalmente, o SUS.

Os bairros e regiões de Pelotas atendidos pela Ação Solidária foram: Navegantes, Balsa, Doquinhas, Dunas, Vila Santos Dumont, Passo dos negros, Vila Governaço, Py crespo, Quilombo Cerrito Alegre, Monte Bonito, Ceval, Guabiroba, Barro Duro e Estrada do Engenho.

Entre as organizações que receberam alimentos para doação estavam a CUFA, o Quilombo Urbano/Ocupação Canto de conexão, o CDD Dunas, o Dunas Rap, a Usina feminista, a Caritas, o Coletivo Casa da Árvore, o Projeto Nós por Nós, o PT Solidário (Drive-Thru), o Instituto de Menores (IMDAZ) e a Comunidade dos Povos de Terreiro.

Confira o vídeo:

Redação Eduardo Menezes – SEEB Pelotas e Região

Vídeo: produção de Vanessa Silveira / edição de Juliano Lima – RádioCom

Foto: CUT Regional Sul