Mesmo com lucros, grandes bancos demitem em meio à pandemia

#paremasdemissões

Descumprindo acordo firmado junto aos Sindicatos, em todo o país, Santander, Itaú e Bradesco seguem demitindo, mesmo durante a pandemia. Desde o início da crise sanitária, o Santander demitiu mais de mil bancários. Outras 400 demissões foram feitas pelo Itaú e o Bradesco anuncia que também vai demitir.

No início desta semana, o Bradesco enviou um comunicado aos funcionários, no qual informa que irá conceder um benefício adicional no desligamento sem justa causa. O documento alertou os bancários para as demissões.

Vale lembrar que o Bradesco foi a companhia aberta com os maiores lucros da América Latina, nesse primeiro semestre. Foram mais de R$ 7 bilhões; o Itaú é a marca mais valiosa do Brasil avaliada em R$ 24,5 bilhões e o Santander tira do Brasil seu maior lucro no mundo.

Com informações da Contraf-CUT