Cresce o número de aposentados infectados pela covid-19 em Pelotas

Design sem nome (20)

Após a última atualização do perfil dos infectados pela covid-19, em Pelotas, realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na terça-feira (22), chama a atenção o fato de que a população idosa segue crescendo entre os grupos com mais pessoas contaminadas. O percentual de idosos (13,99%) que testaram positivo para a doença já ultrapassa o dos profissionais do comércio (12,34%), ficando na segunda posição, atrás apenas dos profissionais de saúde (17,81%).

Mesmo que as complicações em decorrência do contágio pelo coronavírus não sejam exclusividade dos idosos, a Organização Mundial da Saúde (OMS) tem alertado para um risco mais alto de que essas pessoas, nessa faixa etária, desenvolvam quadros mais graves da Covid-19, sobretudo, porque a população idosa costuma apresentar, de forma associada, outras doenças, como: diabetes, problemas cardíacos, hipertensão, derrame e até mesmo câncer.

Circulando pelas ruas centrais de Pelotas, principalmente nos dias de semana, e bastante assíduos nos bancos e financeiras, os aposentados precisam ter um cuidado especial por parte de toda a população pelotense. Muitos têm se descuidado com as medidas de proteção, utilizando a máscara de forma incorreta, ou, até mesmo, mostrando-se resistentes à sua utilização e ao protocolo exigido como medida de segurança para evitar a contaminação. Na avaliação do Sindicato dos Bancários de Pelotas e Região, conscientizá-los e auxiliá-los no cumprimento das medidas de prevenção é uma responsabilidade de todos nós.

Seeb Imprensa Pelotas

Arte: Seeb Pelotas