Lucros dos bilionários brasileiros superam orçamento do SUS

dinheiro_2_0

Em meio à pandemia do coronavírus, os brasileiros do seleto grupo de bilionários ficaram R$ 177 bilhões mais ricos entre março e julho. Os dados da ONG Oxfam revelam que o valor supera o orçamento total do SUS (Sistema Único de Saúde), de R$ 125,6 bilhões. 

Nem mesmo com as emendas parlamentares, quando os recursos chegam a aproximadamente R$ 160 bilhões, o investimento na saúde pública supera o lucro dos ricaços brasileiros.

Outro fator agrava ainda mais a desigualdade: praticamente toda essa renda está livre de tributos por conta das desonerações da renda do capital. Mesmo previsto na Constituição de 1988, o IGF (Imposto sobre Grandes Fortunas), que poderia corrigir as distorções e combater as desigualdades no país, nunca foi regulamentado.

O imposto iria taxar cerca de 60 mil pessoas que possuem patrimônio declarado superior a R$ 10 milhões. Os sistemas tributários dos países mais desiguais adotaram a taxação e alcançaram índices positivos em igualdade de renda. O Brasil continua sem um sistema tributário progressivo e o peso continua caindo nas costas dos mais pobres. 

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia