Bandeira vermelha: após breve lockdown, Pelotas segue com alto risco de contaminação

Design sem nome

Pelotas encerra o decreto de isolamento social ao meio dia desta terça-feira (11), contabilizando, ainda na segunda-feira (10), o 36º óbito em decorrência do covid-19. A Prefeitura estabeleceu um breve período de lockdown, no município, que teve início no último sábado (8), às 20h, totalizando apenas 64 horas de isolamento. As medidas adotadas pelo Decreto Municipal – 6.300/2020 foram consideradas insuficientes e contrariaram as orientações do Comitê Interno para Acompanhamento da Evolução da Pandemia da Covid-19 da UFPel, que previa a necessidade de um isolamento maior, em vista do alto índice de hospitalização e do colapso do sistema de saúde na cidade.

Como se não bastasse a Prefeitura não seguir todas as orientações dos pesquisadores da Universidade, no domingo (9), uma liminar, concedida pelo Ministério Público Estadual, alterou os artigos 3º e 4º do Decreto, passando a permitir a circulação de pessoas e de veículos no município. A relativização do grave momento de crise sanitária tem sido, inclusive, prática recorrente nos pronunciamentos do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, que, ao minimizar os riscos de contágio e a letalidade do vírus, acaba por influenciar uma grande parcela da população a desprezar a gravidade da doença.

As agências bancárias, que estiveram fechadas ao público durante o lockdown, voltam a abrir, na tarde desta terça-feira (11).

Confira os horários de atendimento:

Caixa – 13h às 16h30

Itaú – 13 às 14h

Banrisul- 13h às 15h

Bradesco – 13h às 14h

Banco do Brasil – 12h às 14h

Santander – 13h às 15h

Demais serviços

Enquanto o município estiver classificado na condição de alto risco (bandeira vermelha), o comércio está autorizado a funcionar apenas com a ocupação de 25% de trabalhadores, das 10h às 16h. Nesta terça, porém, mesmo após o lockdown, serão permitidos apenas os serviços de pegue-leve, tele-entrega e drive thru.

Já o comércio de serviços essenciais e de produtos de gênero alimentícios – como restaurantes, mercados, padarias, fruteiras e açougues – devem respeitar um limite de ocupação dos trabalhadores de 50%. Os postos de gasolina irão funcionar com o limite de 75% dos funcionários. Os serviços de tele-entrega, pegue e leve e drive thru ficam autorizados.

Seeb Imprensa Pelotas