Auxílio emergencial: não vá para a agência da Caixa sem necessidade

whatsapp_image_2020-04-09_at_18.52.35

Para fazer o cadastro e ter direito ao benefício não é preciso ir até o banco; basta baixar um aplicativo gratuito ou acessar o site específico. Dúvidas podem ser tiradas em uma central de atendimento telefônico

Desde a terça-feira 7, quando começou o cadastro dos trabalhadores que têm direito a receber o auxílio emergencial do governo federal que varia de R$ 600 a R$ 1,2 mil durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as agências da Caixa têm registrado grandes filas por todo o país, principalmente em busca de informações sobre o cadastro para a retirada do benefício.

Mesmo a Caixa tendo anunciado um aplicativo (‘Caixa Auxílio Emergencial’, que pode ser baixado para celulares Android aqui e para celulares IOS/Apple aqui) gratuito e um hotsite para o cadastro, as pessoas têm procurado as agências para fazê-lo.

Muitas, inclusive, saem de casa para ir ao banco tirar dúvidas, que podem ser sanadas por uma central de atendimento telefônico. Basta ligar 111. É importante ressaltar que o cadastro para o auxílio emergencial dos trabalhadores que têm direito não é feito na agência, mas sim somente por meios eletrônicos. Quem não conseguir fazê-lo pode pedir ajuda a algum parente ou conhecido para se cadastrar. É importante divulgar as informações corretas a fim de evitar das pessoas irem até as agências sem necessidade.

Arte: Fabiana Tamashiro

Fonte: Redação Spbancarios