UBSs retomam vacinação contra a gripe comum

v

Em algumas UBSs as doses acabaram poucas horas depois do início da imunização

Idosos voltaram a procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Pelotas nesta quarta-feira (8) em busca da vacina contra o vírus Influenza (gripe). Em algumas unidades as doses terminaram ainda pela manhã. Nessa quarta remessa enviada pelo Ministério da Saúde, Pelotas recebeu 15 mil doses. 

Até o final da tarde dessa quarta-feira não havia confirmação de quais unidades ainda possuíam doses da vacina. “Como o Ministério da Saúde envia as doses aos poucos, ao mesmo tempo em que a procura nesse ano está sendo bem maior, as vacinas terminam muito rápido, quase tudo no mesmo dia”, explica a enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde (SMS), Rita Carvalho.

As irmãs Maria da Graça e Etelvina da Silva, de 71 e 72 anos, foram juntas até o Centro de Especialidades para fazer a vacina. “Sempre fizemos no posto do nosso bairro, o Simões Lopes, mas esse ano resolvemos vir até o centro e conseguimos garantir a imunização”, explicou Maria da Graça. Pela manhã cerca de 700, das mil doses disponíveis na unidade, foram aplicadas. No começo da tarde a remessa já havia terminado.

“As pessoas se organizam para vir cedo e este ano estão procurando mais a vacina”, explica a enfermeira chefe do Centro de Especialidades, Fátima Soares. 

Nas UBSs localizadas nos bairros a procura também foi intensa. De acordo com a Vigilância Epidemiológica as 50 unidades receberam entre 100 e 300 doses cada uma, dependendo do tamanho da UBS, e boa parte terminou ainda no final da manhã. 

Para quem conseguiu se vacinar hoje, a sensação é de alívio. “A gente sabe que essa vacina não protege contra o coronavírus, mas é uma forma de se defender da H1N1, é uma forma de estar mais saudável. Tenho certeza que vamos vencer tudo isso”, desabafou a aposentada Leonor Soares, 78 anos.

Números parciais

Os números parciais da vacinação em Pelotas, até esta quarta-feira (8), apontam o seguinte: 

  • 33.658 pessoas foram vacinadas no município.
  • 23.278 são idosos (46% do total estimado em Pelotas)
  • 10.380 são profissionais da saúde (54% do total de profissionais registrados no município)

A SMS continua fazendo a contagem, conforme o avanço da campanha. A meta de alcance da imunização é de 95% do total dos grupos que precisam ser imunizados e que são quantificados pelo Ministério da Saúde, por meio de cadastro profissional, para os trabalhadores da saúde, ou de dados do IBGE, para as crianças e idosos. 

Novos envios de vacina pelo Ministério da Saúde ao Rio Grande do Sul serão divulgados nos canais de comunicação da Prefeitura, bem como a retomada das vacinações a partir de novas remessas.

Por Paulo Ienczak, com colaboração de Alessandra Senna – ASCOM