Bancárias fazem campanha contra a violência à mulher no Twitter

UNISORORIDAD

UniSororidad é a hashtag utilizada para o movimento na rede social

Na semana do Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher, celebrado no dia 25 de novembro, mulheres do Brasil, Argentina e Uruguai se uniram numa campanha para manifestar e mostrar resistência contra a violência. Com a hashtag #UniSororidad, o movimento aconteceu na última segunda-feira, 25, e irá ocorrer todos os dias 25 de cada mês, através da rede social Twitter, e mostrará informações e protestos sobre a realidade do gênero na sociedade.

A Contraf-CUT apoia a campanha, definida na última oficina da Rede Uni Mulheres Brasil, neste ano, na qual estiveram presentes Argentina e Uruguai. “É extremamente importante reforçar a nossa luta de combate à violência contra a mulher. O nosso objetivo é sensibilizar e dar ainda mais visibilidade contra este grave problema e salientar a importância de ações efetivas para o combate à violência”, afirmou Elaine Cutis, secretária da Mulher da Contraf-CUT.

A campanha é extremamente importante, pois dará visibilidade ao tema nas redes sociais. O objetivo do movimento é mostrar os números da violência e cobrar ações para acabar com o problema.

Com informações Contraf CUT