CEEE Equatorial é multada em R$ 3,4 milhões em fiscalização sobre apagão

ceeet

A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) anunciou nesta quinta-feira (7) que a CEEE Equatorial foi multada R$ 3.452.604,33 por problemas relacionados com a falta de fornecimento de energia em Porto Alegre e na Região Metropolitana no início do mês de março. Clientes chegaram a ficar 10 dias sem o fornecimento de energia.

Após diversas denúncias sobre a atuação da CEEE Equatorial, que assumiu o controle operacional da CEEE-D em julho do ano passado, a Agergs abriu um procedimento fiscalizatório sobre a atuação da empresa. A agência concluiu que a CEEE Equatorial deixou de enviar ou disponibilizar informações requeridas pela Agência, no prazo e nas condições estabelecidas.

A empresa agora tem um prazo de 10 dias para apresentar recurso ao auto de infração, ou 20 dias para o pagamento da multa.

A Agergs informou ainda que continua em andamento o procedimento de fiscalização para a “plena verificação das medidas adotadas pela distribuidora em resposta aos eventos que geraram perturbações significativas ao serviço de distribuição de energia elétrica, tal como o ocorrido na semana do dia 6 de março”.

Diante do volume expressivo de denúncias sobre os problemas na prestação do serviço de energia, em 22 de março, as bancadas de oposição apresentaram um requerimento de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa para investigar os danos aos consumidores causados pela prestação inadequada do fornecimento de energia por parte da CEEE Equatorial.

Foto: Pedro Revillion/Arquivo Palácio Piratini

Fonte: Sul21