Santander não respeita nem a decisão do INSS

santander

Os transtornos psiquiátricos já superaram as doenças osteomusculares, que por muitos anos foram campeãs de incidência entre os trabalhadores bancários. O ambiente organizacional focado no cumprimento de metas objetivando lucros astronômicos, aliado a um cenário onde assédio moral e ameaça constante de demissão são regra, fazem com que os bancos se enquadrem entre as empresas com maior risco de acidente de trabalho ou doença ocupacional no Brasil. De acordo com os últimos dados do INSS disponíveis, mais de 18 mil bancários (18.671) foram afastados em…

Leia Mais

Itaú e Santander apoiam reforma trabalhista

Santander-e-Itaú

Só não enxerga quem não quer ver. Quando o banqueiro Roberto Setubal, dono do Itaú, o maior banco privado do país, ataca a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e a Justiça do Trabalho ao escrever o artigo ”A importância da reforma trabalhista”, publicado no último domingo (2), na Folha de S.Paulo, fica evidente a quem interessam as mudanças propostas pelo governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB) e sua base aliada no Congresso Nacional. “Interessa, e muito, aos banqueiros, rentistas e grandes empresários, financiadores do…

Leia Mais

Com digitalização, 20 mil são demitidos

BB-TouchID

O setor financeiro vende a ideia de que a digitalização é uma boa coisa. Mas, na verdade, a iniciativa é utilizada pelos bancos com o objetivo único de cortar postos de trabalho e aumentar ainda mais os lucros. Assim diz os números. No primeiro trimestre, Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander fecharam 855 agências e eliminaram, juntos, 6.666 postos de trabalho. Desde de 2016, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), foram cortadas mais de 20 mil vagas. Enquanto isso, os lucros…

Leia Mais