Banqueiros chegam a ganhar 800 vezes mais que bancários

salario-desigual

Itaú, Bradesco e Santander pagam as maiores remunerações do país. Mas para membros das suas diretorias executivas. A maior delas, que inclui os salários mensais e também bônus e outras vantagens, é paga a um membro da diretoria do Itaú: R$ 46,880 milhões, o equivalente a quase R$ 4 milhões por mês, segundo a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O valor corresponde a 832 vezes aquilo que recebeu um escriturário do Itaú no mesmo ano. Cargo de menor remuneração na carreira bancária, os escriturários ganharam…

Leia Mais

Acordo Marco do Itaú avança em clausulas para evitar o assédio moral e o assédio sexual

whatsapp-image-2019-06-06-at-11-42-14

Outra cláusula debatida é a que trata de evitar qualquer tipo de discriminação no emprego A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), a UNI Américas Finanças e representantes de Sindicatos da Argentina e Colômbia estiveram reunidos, na quarta-feira (5), com representantes do Itaú para continuar a agenda de negociações de renovação do Acordo Marco firmado com o banco em outubro de 2018. O secretário de Relações Sindicais da Contraf-CUT, Roberto von der Osten, explica que “o Acordo Marco é um documento que estabelece…

Leia Mais

Bancos privados discriminam mulheres com mais de 40 anos

bancos-privados-discriminam-mulheres-com-mais-de-40-anos_7c8accedb93c5e5ee169c11d81a18b43

​Levantamento do Dieese mostra que participação de mulheres no quadro funcional cai 7,8 pontos percentuais após elas completarem 40 anos Uma pesquisa realizada pela subseção do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sociais (Dieese) na Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) aponta que a participação das mulheres no quadro funcional dos bancos privados reduz 7,8 pontos percentuais após os 40 anos de idade. Até os 39 anos elas ocupam 56,4% dos postos de trabalho. Após completar 40 anos esse percentual cai para 48,6%.…

Leia Mais

Lucro do Itaú chega a R$ 6,9 bi no 1º trimestre de 2019

bancos-itau-20121004-03-original8

Rentabilidade do banco foi de 23,6%, a maior entre os três maiores bancos privados do país O banco Itaú obteve um Lucro Líquido Recorrente de R$ 6,9 bilhões no 1º trimestre de 2019, crescimento de 7,1% em relação ao mesmo período de 2018 e de 6,2% no trimestre. De acordo com o banco, o crescimento da margem financeira com clientes foi o principal destaque positivo, devido crescimento das carteiras de pessoas físicas e micro, pequenas e médias empresas. A rentabilidade (retorno recorrente sobre o Patrimônio…

Leia Mais

Itaú paga R$ 8,5 milhões para encerrar processo por manipulação nos mercados futuros

bancos-itau-20121004-03-original8

O Itaú Unibanco e o Banco Itaucard vão pagar R$ 8,5 milhões à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para encerrar um processo envolvendo manipulação de preços nos mercados futuros de cupom cambial e de swap cambial. (Por Ângelo Pavini da Arena do Pavini) Marco Antonio Sudano, então diretor da Tesouraria do Itaú, e Carlos Henrique Donega Aidar, então diretor de Finanças do Itaucard, vão pagar R$ 250 mil cada um. As propostas foram feitas no âmbito do Processo Administrativo Sancionador CVM SEI nº 19957.005918/2018-10, instaurado pela Superintendência…

Leia Mais

Itaú paga mais de R$ 20 bilhões aos acionistas 

justica-determina-que-itau-reintegre-bancaria-demitida-por-l_21e1d6572090d9d5d908d0098589bfde

Enquanto bancários e clientes sofrem com sobrecarga de trabalho e atendimento precário, o alto escalão dos bancos ganha muito. Os acionistas do Itaú receberam R$ 20,249 bilhões de dividendos e juros sobre capital em 2018. Nada a reclamar. O banco foi a companhia de capital aberto (com ações negociadas na Bolsa de Valores) que pagou o maior volume de dividendos no ano passado. O valor equivale a 81% do lucro de R$ 24,977 bilhões registrado pelo Itaú em 2018. Os acionistas do Bradesco receberam R$…

Leia Mais

País perde R$ 4,6 bi ao não tributar acionistas de Itaú, Bradesco e Santander

20170823-bancos-600×377

Os três maiores bancos privados do Brasil – Itaú, Bradesco e Santander – distribuíram R$ 36,8 bilhões aos acionistas. O valor vem da distribuição de dividendos sobre os lucros do ano passado, juros sobre o capital próprio (JCP) e recompra de ações. Trata-se de rubricas dos balanços que não sofrem tributação do imposto de renda. Os três bancos somaram R$ 59,695 bilhões de lucro líquido em 2018. Se o governo aplicasse a esses quase R$ 37 bilhões distribuídos aos acionistas a mesma alíquota que aplica aos trabalhadores com salários acima…

Leia Mais

Lucro do Itaú chega a R$ 25,7 bilhões

lucro-freepik-2

Valor corresponde a um crescimento de 3,4% em relação a 2017; somente o valor arrecadado em tarifas e serviços já ultrapassa em 160% o total de suas despesas de pessoal O lucro líquido recorrente do Itaú chegou a R$ 25,733 bilhões em 2018. O valor corresponde a um crescimento de 3,4% em relação a 2017. Com isso, a rentabilidade do banco chegou a 21,9%. Dentre os itens que mais contribuíram para esta elevação está a queda nas despesas de provisão para devedores duvidosos (PDD) – uma reserva de valores…

Leia Mais

Itaú deixa para pagar a PLR só no dia 1º de março 

fachada_itau_2

Após divulgar o lucro recorde de R$ 25,733 bilhões em 2018, o Itaú informou que não vai antecipar o pagamento da segunda parcela da PLR (Participação nos Lucros e Resultados). O crédito será feito no dia 1º de março, data-limite, conforme a CCT (Convenção Coletiva de Trabalho). A PLR é uma conquista da categoria durante a campanha salarial de 2018. O banco deve pagar o teto da Participação nos Lucros e Resultado (a regra majorada, que é 2,2 salários com teto de R$ 27.802,48) e…

Leia Mais

Violência organizacional no Itaú afeta bancários

violencia_organizacional_no_itau_afeta_bancarios

Mudanças para reduzir custos como terceirização, pejotização, automação, demissão de pessoas com deficiência, estão sendo promovidas pelo banco que lucrou R$ 25 bi em 2017; resultado é o aumento dos adoecimentos entre os trabalhadores que vivem sob ameaça de demissão, além da cobrança por metas A fim de reduzir custos com pessoal, o Itaú está passando por um processo de reestruturação executado simultaneamente à incorporação do Citibank que está resultando em muitos problemas e adoecimentos entre os bancários da maior instituição privada do país que lucrou…

Leia Mais