Enquete

Você se sente ou já se sentiu assediado moralmente no banco?

Processo eleitoral do Santander começa envolto em problemas

O Santander iniciou os trâmites eleitorais do Santanderprevi, e o processo começa imerso em problemas. Serão eleitos os representantes para os Conselhos Deliberativo e Fiscal do fundo de pensão dos trabalhadores do antigo Banco Real e do Santander. Entretanto, o banco impôs entraves e restrições aos candidatos.

O banco convocou um comitê eleitoral composto por três membros, sendo um indicado pelo fundo, um indicado pelo Santander e um indicado pela representação dos trabalhadores através dos Sindicatos. A reunião ocorreu no dia 7 de março. O Regimento prevê que o candidato tenha no mínimo o cargo de superintendente, cerceando desta forma o direito de milhares de trabalhadores poderem participar do processo.

Outro problema no regimento apresentado determina que, para se candidatar, o trabalhador não pode ter nenhuma ação judicial, individual ou coletiva contra o fundo ou contra a patrocinadora. A manutenção deste critério impedirá que qualquer empregado participante do fundo possa se candidatar ou ser indicado pelo Santander, pois todos eles fazem parte das ações coletivas impetradas pelos sindicatos, para que houvesse um processo eleitoral transparente e democrático.

Com informações do Sindicato dos Bancários de São Paulo

Tags: santander

Voltar