Governo Bolsonaro veta concursos e reajuste de servidores para 2020

x47563569302_325d241831_o.jpg.pagespeed.ic.5b1e5bDWG7

Em 2019, o governo Bolsonaro diz que não serão disponibilizados reajustes salariais aos servidores federais. A única exceção é a reestruturação da carreira dos militares.

Também não está prevista a realização de concursos públicos no ano que vem. O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020, apresentado nesta segunda-feira (15), pelo Ministério da Economia, prevê estas medidas.

De acordo com o secretário de Orçamento Federal do Ministério da Economia, George Soares, o projeto da LDO prevê, apenas, a possibilidade de reestruturação de carreira dos militares. O plano foi apresentado, em março,  como contrapartida à proposta de reforma da Previdência dos militares. Se for aprovada pelo legislativo, a proposta custará R$ 86,6 bilhões em dez anos.

Em 2019, foi paga pelo governo a última parcela do reajuste salarial de uma série de carreiras do Executivo federal. Houve, ainda, por parte da equipe econômica, uma tentativa de adiar a alta dos vencimentos para o próximo ano, mas o Supremo Tribunal Federal (STF) vetou a medida.

Salário Mínimo

O governo também afirmou, através do projeto da LDO, que o salário mínimo será reajustado apenas pela inflação no ano seguinte. Assim, estima-se que o piso nacional chegue a R$1.040. Dessa maneira, as contas públicas chegarão a um rombo de R$124,1 bilhões no próximo ano.

Foto: Gustavo Raniere / Ministério da Economia

 Com informações de O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *