Banrisulenses quebram silêncio e arrancam primeira mesa de negociação da diretoria do Banrisul

DSC_0998-708×350

Reunião entre o Comando Nacional dos Banrisulenses e representantes do banco público dos gaúchos está marcada para esta segunda-feira, dia 6, na Fetrafi-RS.

Um dia antes de completar 50 dias sem que houvesse qualquer sinalização da diretoria do Banrisul acerca daquela melhor maneira que a democracia inventou para chegarmos a consensos e avanços, finalmente teremos a primeira mesa de negociação entre Comando Nacional dos Banrisulenses e representantes do banco público dos gaúchos.

A primeira mesa ocorre a partir das 11h, desta segunda-feira, 6/8, na sede da Fetrafi-RS, no Centro de Porto Alegre. O encontro ocorre depois de 49 dias sem respostas à entrega da pauta de reivindicações específicas em 15 de junho e foi informado no início da tarde da sexta-feira, 3/8, pela diretoria do Banrisul.

A pouca disposição para o diálogo da atual diretoria do banco é uma característica desde que assumiu em 2015. Na ocasião, os dirigentes sindicais solicitaram reiterados pedidos para conversar com o presidente Luiz Gonzaga Veras Motta, mas só foram recebidos depois de mais de 100 dias de a então nova diretoria tomar posse.

Desta vez, os bancários realizaram ofensivas em todo o Estado. Além de atos diários de escracho em frente à sede da Diretoria Geral (DG) no Centro de Porto Alegre, desde a semana passada, eram enviadas solicitações formais diárias de encontro para debater a pauta específica dos Banrisulenses.

Com informações da Imprensa SindBancários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *