População rechaça reforma da Previdência

fragilizado
A reforma da Previdência só agrada o governo Temer e os empresários porque a população, que será efetivamente prejudicada com a mudança na aposentadoria, reprova a medida. A maioria dos brasileiros (85%) discorda da proposta e 71% acham que não conseguirão se aposentar se as novas regras forem aprovadas.

A pesquisa da Vox Populi também revela que a região Sudeste tem o maior percentual de rejeição à reforma, 91% dos entrevistados são contra e 78% acham que nunca se aposentarão, se for aprovada a proposta.

No Nordeste, 85% da população diz não à reforma. Caso seja aprovada, 74% acham que não vão se aposentar. Na sequência surgem o Centro-Oeste/Norte (82% são contra e 69% temem não se aposentar) e o Sul (70% contra a reforma e 49% que acham que não vão se aposentar).

A rejeição à reforma é maior entre as mulheres – 86% contra 84% dos homens. No recorte por escolaridade, o índice de discordância é 88% entre os que completaram o ensino médio, 86% o ensino superior, e 82% o ensino fundamental.

Embora o governo empenhe todos os esforços para aprovar a matéria, não há consenso do Congresso Nacional, afinal 2018 é ano eleitoral e muitos deputados e senadores temem a reação do povo nas urnas. Por isso, as forças progressivas devem ampliar a mobilização para barrar o projeto. A terceirização e a nova legislação trabalhistas são provas de que o governo, quando quer aprovar uma proposta, joga com todas as armas.

SBBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *