Temer impõe taxa mais cara de energia

1498587918_472175_1498588405_noticia_normal

O governo Michel Temer não se preocupa com o bolso do brasileiro. Além de não elevar salários e contribuir com as demissões em massa através do desmonte das estatais e aprovação da lei das terceirizações, o presidente agora vai permitir que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) cobre ainda mais caro na tarifa de luz à população.

É a chamada bandeira vermelha patamar 2, que nunca foi usada antes no país. Segundo a autarquia ligada ao governo, a cobrança extra em outubro de R$ 3,50 a cada 100 Quilowatt-hora (kWh) consumidos acontece devido à baixa vazão das hidrelétricas que sofreram com as poucas chuvas em setembro. Por isso, o país terá que utilizar mais as usinas térmicas, que tem maiores custos de operação.

Ou seja, depois das altas consecutivas da gasolina, a equipe de Temer quer, novamente, sufocar os trabalhadores com os altos preços. Enquanto isso, bilhões são perdoados aos bancos e privilégios são mantidos aos mais ricos.

Fonte: SEEB Bahia
Foto: Uesley Marcelino/Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *