Sartori vende ações do Banrisul e entrega lucro para a iniciativa privada

22237125_277646859403292_575725128_n

Na manhã desta quarta-feira (4), o governador José Ivo Sartori (PMDB) anunciou a venda de ações do Banrisul. Estão sendo negociadas ações excedentes (ordinárias e preferenciais), indicando que mais uma parte do lucro proveniente do banco irá para o mercado. “Trata-se de uma medida que abre, em definitivo, o caminho para venda do Banrisul”, lembra o diretor do Sindicato Paulo Fouchy.

Essas ações estão em um momento de valorização, o que fez com que o governo Sartori, que segue a mesma lógica do governo Temer (PMDB), dê sequência ao processo de desmonte de um dos maiores patrimônios dos gaúchos. Em 2007, Yeda Crusius (PSDB) já havia negociado 43% das ações do Banrisul, acenando positivamente para o mercado em relação às medidas que, hoje, estão sendo tomadas.

 

O discurso de “equilibrar as finanças” também foi utilizado por Britto (PMDB) ao vender a CRT e parte da CEEE, aumentando o endividamento do Estado. O projeto neoliberal defendido por partidos como PMDB e PSDB faz com que Sartori entregue 49% do lucro do Banco para a iniciativa privada. “Mesmo que, neste momento, o controle acionário do Banrisul continue com o Estado e o governo negue o objetivo final de privatização, alegando a manutenção de 51% das ações ordinárias, fica evidente a sua real intenção”, denuncia Fouchy.

Seeb Imprensa Pelotas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: