Lançamento da Frente Parlamentar em defesa do Badesul e do BRDE será dia 13

300916WEBSEEB-3566-708×350

Na próxima quarta-feira (13), às 18h, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, ocorre o lançamento da Frente Parlamentar Gaúcha em defesa do Badesul e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Parceiros estratégicos do governo, no desenvolvimento do estado do Rio Grande do Sul e da Região Sul do País, o Badesul  e o BRDE estão na mira privatista de Sartori. À exemplo do que ocorre com o Banrisul – que pode ser incluído no pacote das empresas públicas gaúchas estão sendo entregues à iniciativa privada, estima-se que ambos podem ser negociados.

Diferente da situação do Banrisul, que necessita de aprovação plebiscitária, durante as próximas eleições, para ser vendido, a privatização do Badesul pode se dar apenas com a aprovação da Assembleia Legislativa. No caso do BRDE, necessita-se de anuência dos três Estados da Região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) para que seja entregue a investidores privados.

Só o Badesul compreende 497 municípios gaúchos, atuando nas seguintes áreas: indústria oceânica e polo naval; biocombustíveis;  semicondutores; energia eólica; saúde avançada e medicamentos; automotivos e implementos rodoviários; madeira, celulose e móveis; agropecuária e agroindústria; calçados e artefatos; produtos de borracha e material plástico; máquinas e implementos agrícolas; logística; serviços;  geração e distribuição de energia.

O BRDE atua há mais de cinco décadas, nos três estados da Região Sul, promovendo o desenvolvimento destas localidades, por meio da implantação do Polo Petroquímico de Triunfo; do fortalecimento do complexo agroindustrial das cooperativas da Região Sul; da estruturação do complexo de produção e processamento de soja; e da implantação dos Parques Eólicos e PCHs no Rio Grande do Sul. A atuação do BRDE é responsável por beneficiar 92% da população gaúcha, sendo que encontra-se atuante em 90% do território deste estado.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *