Reforma Trabalhista pode alterar mais de 40 cláusulas da CCT dos bancários em 2018

reforma-trabalhista-pode-alterar-mais-de-40-clausulas-da-cct_a3776e2bc26b7a185aaf9d3e6aede6eb

Texto aprovado no Congresso reforça a necessidade de mobilização da categoria para evitar essas mudanças

Na segunda mesa do Seminário do Comando Nacional dos Bancários, que aconteceu segunda-feira (7), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), em São Paulo, Barbara Vallejos, economista da subsecção do Dieese da Contraf-CUT, apresentou os impactos da reforma trabalhista sobre a minuta de reivindicações e a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária.

Barbara apontou que a reforma trabalhista pode alterar 46 artigos do 128 da Minuta de Reivindicação e 43 cláusulas da CCT  2016/2018 dos bancários.

Entre os principais temas impactados, levantou Barbara, estão emprego, remuneração e saúde de trabalhador.

A apresentação feita por Barbara Vallejos foi disponibilizada aos dirigentes sindicais presentes, para que multipliquem as informações em suas bases.

 

Fonte: Contraf/CUT

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *