Em três meses, Temer perdoa quase R$ 30 bi dos bancos

12235-no6ahn

Representes dos bancários criticam a benevolência do governo com o setor que continua lucrando muito e fechando postos de trabalho

São Paulo – Em 90 dias, o governo ilegítimo de Michel Temer garantiu o perdão da dívida de aproximadamente R$ 30 bilhões do Bradesco, Itaú e Santander. Representes dos bancários criticam a postura, lembrando que os bancos brasileiros continuam lucrando muito e fechando postos de trabalho.

Para Neiva Maria, secretária-geral do Sindicato, “é um absurdo os bancos fazerem abertamente campanha pela retirada de direitos, defender as reformas como se fossem modernizar o Brasil, enquanto na verdade estão aumentado seus lucros, tirando recursos da sociedade e promovendo uma onda de desemprego, terceirização e precarização das condições de trabalho e do atendimento aos clientes e a população”.

Fonte:  SEEB SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *