Em São Paulo, BB obriga funcionários a trabalhar em agência cheia de fumaça

whatsapp_image_2017-07-21_at_12.13.08

O Sindicato dos Bancários de São Paulo interrompeu as atividades em uma agência do Banco do Brasil no centro de Taboão da Serra-SP, por falta de condições de trabalho e desrespeito à saúde dos funcionários. Um reparo no autoatendimento espalhou fumaça, mau cheiro e fuligem pelo local, tornando o ambiente insalubre.

Funcionários da agência entraram em contato por meio dos canais de denúncia do Sindicato na quinta-feira 20. Dirigentes foram ao local na sexta 21 e constataram a situação precária. Os trabalhadores relataram que muitos passaram mal por conta do cheiro e tiveram de comprar máscaras do próprio bolso para conseguir continuar trabalhando.

A situação é reflexo da política de contratação de terceirizados pelo banco e da precarização do trabalho. As informações entre os setores são prejudicadas em virtude deste desmonte, e não há preocupação com um serviço de qualidade e com um ambiente adequado para clientes e funcionários.

Após a intervenção do Sindicato, os trabalhadores foram realocados para outras duas agências próximas ao local para que a solda na porta do cofre do autoatendimento fosse concluída. Nesta segunda-feira 24, eles avaliarão se há condições para o retorno.

Com informações do Spbancarios

Foto: Seeb/SP

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *